20 de abr. de 2022

A importância da Gratidão


Agradecer é uma ferramenta da gratidão, mas não se resume a isso, exclusivamente. No entanto, vale observar como esses pequenos gestos aplicados no dia a dia têm enorme valor e poder — tanto para o seu desenvolvimento quanto para influenciar outras pessoas.
Focar mais em pensamentos positivos e em atitudes de gentileza e generosidade pode modificar, por completo, a sua maneira de enxergar o mundo e também a forma como você age e reage diante das mais variadas situações. As adversidades, inclusive.
Vamos transformar nossos pensamentos e investir no poder da gratidão? Neste post, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto, com dicas riquíssimas para você se tornar uma pessoa mais grata, a cada dia.

Importância da gratidão
A gratidão está entre os princípios e valores mais importantes em nossas vidas. Como dissemos, não é só uma atitude, mas, sim, um sentimento que podemos — e devemos — desenvolver para inserir a apreciação como parte elementar de nossos pensamentos e atitudes.
Isso pode surgir, inclusive, em questões que são tidas como naturais ou mesmo básicas em nosso cotidiano. Por exemplo: que tal a gratidão diária por ter uma família unida ou, até mesmo, um emprego considerando que o Brasil convive com uma crise grave na qual quase 13 milhões de pessoas estão desempregadas?
De maneira aplicada ao seu dia a dia, a gratidão pode ser cultivada a partir de obstáculos que interpelam nosso caminho, mas não nos deixamos contaminar pelo negativismo. Após uma discussão familiar, horas no trânsito ou um projeto cujo resultado não saiu como o esperado, evite remoer a frustração.
No lugar, você pode espantar o desânimo e agradecer pela oportunidade e, especialmente, pelo aprendizado que você pode extrair a partir dessas situações. Essas lições são experiências — evidentes ou não — das quais podemos nos fortalecer e sairmos ainda mais resistentes.

Benefícios da gratidão
Com esse exercício diário, a insatisfação, a ansiedade e até mesmo outras adversidades que tendemos a conviver, como o sentimento de inferioridade, podem ser desobstruídos de nossos pensamentos.
Para que isso fique ainda mais esclarecedor, confira abaixo alguns dos principais benefícios nessa mudança de chave comportamental:
o estresse é aliviado, uma vez que você não deixa que algumas questões cotidianas influenciem na sua qualidade de vida;
as emoções positivas afloram e você passa a gerar mais bem-estar para si e também para os entes queridos com os quais sua rotina é compartilhada;
os relacionamentos são fortalecidos. Afinal, mesmo diante de conflitos os seus pensamentos e atitudes são apreciados por não serem impulsivos, mas racionais e focados na resolução do problema;
a empatia é também enriquecida, já que a gratidão tem tudo a ver com tirar o melhor de cada situação;
a saúde física e emocional também é fortalecida. Pois é sabido que a mente sadia beneficia as respostas (e a própria resistência) do nosso organismo;
as prioridades podem ser invertidas. Por exemplo: dinheiro é importante, mas pode ser uma ideia mais eficiente concentrar-se no sucesso profissional para que o enriquecimento se transforme em consequência;
a gratidão nos torna mais conscientes daquilo que temos, e do quanto podemos agradecer pelas pequenas coisas.

Percebe o quanto isso influencia a sua autoestima e pode ser um divisor de águas na maneira com a qual você enxerga o mundo em seu entorno? Ter uma visão mais positiva da vida evita a acomodação de nossa posição e, especialmente, estimula-nos a almejar sonhos e metas cada vez mais ambiciosos!
Como praticar a gratidão diariamente?
Agora que já vimos a importância da gratidão e o seu impacto em nosso corpo e mente, é hora de aprendermos como desenvolvê-la para que sejamos pessoas gratas e capazes de influenciar o meio onde estamos inseridos. Você vai ver como são atitudes simples, fáceis de implementar (embora o desafio seja a manutenção desses pensamentos no dia a dia) e de grande impacto na sua rotina.

1. Aprecie tudo, até mesmo as pequenas coisas
Não precisa ter gratidão apenas pelas grandes conquistas. Como já destacamos, experimente agradecer as pequenas coisas do dia a dia. Isso tudo ajuda a estimular e criar um padrão de apreciação pelas mínimas vitórias. Com o tempo, você reprograma os seus pensamentos e abre portas para o positivismo.
Um exercício interessante para reconhecer as situações das quais você pode agradecer é fazendo um diário. Escreva, diariamente, como foi o seu dia e passe a identificar tudo aquilo que você pode explorar esse sentimento tão bem-vindo.

2. Viva o presente
Muitas vezes, nossas ambições — mesmo as de curto prazo — fazem com que queiramos avaliar apenas o resultado. Com isso, esquecemos do presente, que é o exercício, o esforço e até mesmo as frustrações.
Estar presente é importante porque, além de fazer com que tenhamos motivações contínuas para persistir, serve para que entendamos que mesmo as pequenas mudanças exigem grande força de vontade. E, acredite, isso é fundamental. 

3. Relacione-se mais com os seus entes queridos
Amigos e familiares são ativos valiosíssimos em nossas vidas, e em qualquer etapa dela. Nas conquistas e nas decepções, eles nos ensinam, apoiam e encorajam quando sentimos que não temos forças para isso. E, com a gratidão, você transforma isso em uma troca. As pessoas podem enxergar em você esse pilar de força e também serão por você, quando necessitar. O mesmo pode acontecer quando você deixa de se conectar com elas, já que você não se abre emocionalmente. Lembre-se, então, de que nunca estamos sozinhos e podemos tanto colher os abraços quanto esticar os braços para oferecê-los aos outros.

4. Expresse a sua gratidão
Mais do que ter gratidão, exponha-a. Em nossa cotidiana conquista da felicidade, podemos exteriorizar o sentimento positivo para contagiar as outras pessoas e ter sempre em mente que você está avançando em sua busca por um sentimento positivo agregado à sua rotina.

5. Modere as reclamações
Dificuldades existem, isso é um fato, bem como os diferentes graus de safios para vencermos em qualquer uma de nossas metas e objetivos. Para tanto, as decepções e os obstáculos enfrentados não devem se tornar o foco, mas um natural combustível para a sua perseverança.
Sem falar que, como já destacamos, as adversidades trazem ensinamentos e lições valiosos para que evitemos as futuras decepções. 

6. Evite as comparações
Quando nos colocamos no lugar de outras pessoas, estamos exercitando a empatia, mas isso não deve servir para desenvolver a gratidão. Especialmente, se esse pensamento está direcionado à frustração em não ter algo, enquanto outros têm em demasia ou com extrema facilidade.
Somos indivíduos recheados de questões particulares. As suas forças podem ser os pontos de melhoria dos outros, e vice-versa. Portanto, use a gratidão para focar naquilo que você faz, tem e é para torna-se uma pessoa melhor a partir desses aspectos (e também apesar deles, já que são seus elementos motivacionais).

7. Aprenda a perdoar
Rancor, arrogância, lamentação e outros sentimentos negativos em nada nos beneficia. Pelo contrário: eles criam raízes que geram a estagnação — física e psicológica — para nos desenvolvermos.
Não à toa: o perdão é a verdadeira forma de gratidão: compreender o que acontece com a outra pessoa para estar em paz consigo e também para que ela possa avaliar (e reavaliar) seus comportamentos.

8. Valorize o que você tem
É comum sempre desejarmos o que os outros possuem e, complementarmente, tenhamos uma visão menos positiva daquilo que já temos, somos e fazemos.
Entretanto, experimente a gratidão por aquilo que já existe na sua vida. Você não conquistou uma promoção no trabalho? Por outro lado, você tem um emprego e pode perguntar os motivos pelos quais a ascensão na empresa foi preterida. Assim, você sabe o que fazer, futuramente para melhorar sua posição e também ter uma situação financeira mais confortável brevemente.

9. Lembre-se que a gratidão faz parte de tudo
Lembre-se de agradecer por tudo, e não só por aquilo que você deseja. Um dia de sol é importante para diversas coisas, assim como os dias de chuva agraciam tantas outras pessoas e, inclusive, a natureza.
Então, aprenda a focar em tudo aquilo que se estenda à sua bolha cotidiana. Ajuda a criar uma perspectiva mais ampla e colaborativa a respeito do mundo inteiro, literalmente. E podemos nos beneficiar com isso.

10. Valorize a gratidão de hoje para mudar o amanhã
Nunca se esqueça que as coisas pelas quais agradecemos hoje são, também, aquelas pelas quais vamos relembrar para agradecer no futuro.
O fim de um relacionamento, hoje, pode ser uma mudança que você sequer sabia ser necessária para o seu crescimento pessoal. Sem falar que, como já mencionamos, a gratidão de hoje é a sua conquista imediata para desenvolver, gradualmente, o seu sucesso.

11. Gratidão inclui retribuição
Também já destacamos isso, mas vale o reforço: gratidão não significa apenas dar ou receber, mas ambos. É uma via de duas mãos das quais você vai exercitar diariamente.
Alguns dias, você vai ter mais dificuldades. Em outros, a gratidão vai surgir espontaneamente. Mas saiba que ela é um presente do qual vamos ser os homenageados e também a pessoa que vai homenagear os outros. Isso tudo contribui para o desenvolvimento da empatia e, especialmente, dessa mudança positiva em nossos pensamentos e atitudes.

E vale, inclusive, uma última dica complementar a esta: tenha gratidão pelos elogios. Pois é verdade que o menor deles tem o poder de mudar completamente o nosso dia!

Viu como a gratidão é uma qualidade que faz toda a diferença em nossas vidas? Saiba que esse é um exercício ininterrupto e que desenvolve-nos de maneira gradual. Ou seja: quanto mais você aplicar, melhor serão os resultados colhidos para você e às pessoas ao seu redor também. Trata-se de uma nova filosofia de vida que só tem a agregar não apenas individualmente, mas para mudar o mundo de pouco em pouco!

Fonte: https://febracis.com/gratidao/





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário